Florença – Roteiro Itália Parte 3

Essa é a parte que mais gostei da viagem! A região da Toscana é a Itália que a gente sonha, com vinícolas por todos os lados que você olha, aquelas casas no alto da colina no meio do nada, as comidas maravilhosas (tudo fresquinho), vinhos deliciosos e baratos e pessoas simpáticas. Dá vontade de abandonar tudo e viver em uma dessas vinícolas.

De La Spezia peguei um trem direto para Florença. O ideal seria se tivéssemos feito um pitstop em Pisa, mas acabamos não fazendo porque tínhamos hora para chegar em Florença para visitar o museu Ufizi (Como chegamos em Florença em um domingo e íamos embora na terça, compramos o ingresso pra domingo já que segunda não abre).

Ficamos duas noites em Florença no Florence Dome Hotel. Super recomendo! O hotel é muito bem localizado, dá pra fazer tudo a pé, o atendimento é excelente (esquecemos a go pro no quarto no check out, depois ligamos pro Hotel e eles guardaram para a gente, pegamos no dia seguinte), quarto amplo e limpo (tinha o quarto do casal, um banheiro imenso, sala com cozinha).

Pertinho do hotel tem um Eataly (Via dei Martelli, 22). Eu amei! Comemos uma pizza lá que foi uma das melhores da viagem. Comi um hambúrguer (sei que é um sacrilégio, mas queria dar uma variada de comida italiana) e estava delicioso. Também fizemos umas comprinhas de produtos locais para trazermos para o Brasil.

Eataly
Eataly

Ali perto fica a Duomo de Florença. Ela é linda (mas a minha preferida ainda é Milão). Para entrar e conhecer a Igreja não paga, mas se quiser subir tem que pagar entrada e é bom comprar o ingresso pela internet antes porque a fila é gigantesca.

Duomo
Duomo

Dali fui para a Galeria Uffizi. Como eu disse antes comprei o ingresso antecipadamente pelo site, você marca o dia e a hora e assim evita filas. Esse é o principal museu de Florença, com as mais variadas obras renascentistas.

Ao lado do museu fica o Palazzo Vecchio,  atual prefeitura da cidade. Quem tem folego pode encarar os 250 degraus da torre para ter uma bela vista da cidade. Nesta praça há réplicas das esculturas de Michelangelo e a fonte Netuno de Bartolomeo Ammannati.

Bem perto fica a Ponte Vecchio que é a mais famosa da cidade, tem diversas lojas e é bastante movimentada. Após esta ponte, tem a Ponte Santa Trinitá, na esquina fica a sorveteria Santa Trinitá que tem fila na porta. É o melhor sorvete da viagem! Sensacional!

Processed with Snapseed.
Sorvete Santa Trinitá com a Ponte Vecchio ao fundo

Na volta para o Hotel, perto do Palazzo Vechio não deixe de experimentar um sanduíche no All’Antico Vinaio (Via dei Neri, 74/R, 50100 Firenze, Itália – perto da uffizi). É sensacional. Comi um que é o mais vendido: foccacia, pasta de queijo pecorino, pasta de alcachofra, berinjela e salame.

O melhor sanduíche!
O melhor sanduíche!

No segundo dia em Florença você pode visitar L’Accademia, museu onde fica o Davi de Michelangelo. Também é bom comprar com antecedência porque as filas são enormes.

Outro passeio que não pode deixar de fazer é o Mercado Central. Lá tem comidas maravilhosas, comi lasanha em um dia e no outro comi pizza (é a única loja de pizza no andar onde tem os restaurantes). Achei maravilhosa! Lá também vende um excelente Canolli que é um doce típico da Itália. Do lado de fora do mercado tem uma feira de couro em que você compra bolsas bem baratas.

Pizza do Mercado Central
Pizza do Mercado Central

Na Piazza dela Republica é onde fica o carrossel e a melhor doceria da cidade: Gilli. Os doces lá são lindos! Eu comi um folheado delicioso.

Caffé Gilli
Caffé Gilli

Do outro lado da Ponte Vecchio você chega ao Palazzo Pitti. Olhando de fora é um grande muro, mas quando você entra, encontra um enorme jardim. Cheguei a me perder lá dentro de tão grande. É bem bonito. Saindo dali vá andando ou pegue um ônibus ou táxi (porque no caminho tem uma subida) até a Piazzale Michelangelo. Ali é o melhor ponto para ver o pôr do sol. Fica um monte de gente sentado na escada esperando o espetáculo. De lá tem uma vista fantástica da cidade. Compre um vinho e vá bebendo enquanto espera.

De Florença alugamos um carro e fomos desbravar as pequenas cidades da Toscana. Neste post conto tudo!

Neste post tem o roteiro de Veneza e Milão e neste tem o de Cinque Terre.

Jardim do Palazzo Pitti
Jardim do Palazzo Pitti
Piazzale Michelangelo
Vista da Piazzale Michelangelo
Pessoas assistindo o Pôr do Sol na Piazzale Michelangelo
Pessoas assistindo o Pôr do Sol na Piazzale Michelangelo
Anúncios

3 comentários sobre “Florença – Roteiro Itália Parte 3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s