Roteiro Turquia

A viagem para a Turquia foi uma das minhas preferidas. Istambul é apaixonante, a cidade é linda, tem o contraste do novo com o velho e as pessoas são muito simpáticas. Várias pessoas já me falaram que Istambul é a cidade que mais amam no mundo. Istambul também tem um lugar especial no meu coração. Rs

Confesso que não foi amor à primeira vista. Quando cheguei ao aeroporto de Istambul, estava lotado, uma fila enorme pra imigração (porque tem muitos sírios indo pra lá), desorganização… eu só pensei: o que estou fazendo aqui? Mas foi só sair do aeroporto e o encantamento começou (mesmo com o trânsito absurdo da cidade).

A moeda da Turquia é a Lira Turca que é parecida com o real. Eu levei euro e troquei a moeda lá mesmo. Três dias na cidade dá pra conhecer tudo com pressa, quatros dias dão pra fazer com mais calma.

A cidade é dividida no lado Europeu que é a parte histórica, conhecida como Cidade Velha. O lado asiático é mais moderno, onde tem prédios, shoppings, enfim, a parte mais urbana.

Hospedei-me no Sirkeci Park Hotel que fica na cidade velha, pertinho da maioria dos pontos turísticos. O táxi do aeroporto para o hotel deu cerca de 50 liras (o táxi lá é bem barato, mas os taxistas não falam inglês, leve sempre o endereço anotado em um papel).

No primeiro dia vá logo até a praça Sultan Ahmet que é onde ficam as principais mesquitas e outros pontos turísticos. De um lado desta praça fica a mesquita Santa Sofia (Hagia Sophia) que já foi Igreja Católica e é uma das principais mesquitas da cidade. Do outro lado da Praça fica a Mesquita Azul (The Blue Mosque), na minha opinião, a mais bonita. Dica para as mulheres: leve um lenço porque não pode entrar nestas mesquitas com o cabelo aparecendo.

Santa Sofia
Mesquita Santa Sofia

Ainda perto da praça, do lado direito quando você olha da Santa Sofia para a Mesquita Azul, fica a Cisterna de Basília (Yerebatan Saray). Muita gente faz cara feia quando eu digo que fui a uma cisterna. Mas a beleza dela impressiona como você vê na foto abaixo.

Cisterna
Cisterna de Basília

Na rua ao lado direito desta praça passa o bonde, você pode pegar o bonde ou ir caminhando até o Grand Bazar. Se prepare pra negociar bastante, os vendedores gostam quando você pechincha, use todos os seus argumentos que você consegue reduzir o preço em mais de 50%.  Lá é ótimo para comprar ouro, prata, almofadas, tapetes, luminárias, enfim, reserve muitas horas pra andar por lá.

Bem perto do Grand Bazar fica o mais tradicional banho turco da cidade: o Çemberlitas Hamami. É ideal para relaxar após as compras.  Todo mundo pergunta como é o banho turco, vou explicar, pelo menos o feminino é assim: você chega e recebe uma calcinha preta enorme (estilo vó), uma toalha e uma esponja. Você guarda suas roupas em um armário, veste a calcinha, se enrola na toalha e entra em uma sauna imensa com um circulo de mármore no meio (a cena final do filme “Busca Implacável 3” se passa lá, a cena da briga). Você deita no meio deste circulo junto com outras mulheres e aguarda uma das funcionárias te chamar. Quando elas te chamam, você vai pra ponta do circulo, elas esfregam a esponja no seu corpo todo, até no rosto, esfoliando toda sua pele. Depois elas passam sabão com outra toalha e enxaguam. Em seguida você vai pra uma banheira de hidromassagem, fica o tempo que quiser lá, sai, toma uma ducha e pode ir embora. Eu optei apenas pelo banho turco tradicional, minha amiga fez massagem depois e amou.

No dia seguinte você pode visitar o Palácio Topkapi, é enorme e exuberante. A exposição mostra umas joias lindas, espadas, roupas da época otomana e uma vista impressionante.

IMG_20160712_191528
Vista do Palácio Topkapi

Depois você pode ir para a margem do Rio Bósforo e conhecer as mesquitas que tem por lá como a Ortakoy. Também não deixe de visitar o Bazar das Especiarias ou Bazar Egípicio. O passeio pelo Bazar Egípcio pode começar, ou continuar, fora dele, na Ponte de Galata, um dos cartões-postais de Istambul, praticamente em frente ao mercado. Desta ponte saem os barcos para o passeio pelo Rio Bósforo.

No final da tarde aconselho fazer este passeio de barco porque você vê o pôr do sol do lado asiático. É sensacional. O que eu fiz saia às 17h da porta da Reina Sofia, junta um grupo que vai caminhando até o embarque no Rio Bósforo.

Pôr do sol no rio Bósforo
Pôr do sol no rio Bósforo

No terceiro dia você pode visitar a parte nova e mais moderna da cidade, com seus restaurantes modernos e shopping centers.

Istambul tem muitos bares e restaurantes e uma vida noturna animada. À noite fui para a boate Reina. Ela fica na beira do rio Bósforo e é um restaurante que vira boate após um determinado horário.

Adoro conhecer a gastronomia local quando viajo, mas confesso que não tive sorte na Turquia. Não gostei da comida na maioria dos restaurantes que visitei, então, dessa vez, não tenho dicas gastronômicas. Só preste bastante atenção onde for comer, em alguns lugares não tem muitas regras de higiene e você pode estranhar.

Capadócia

Fui para Capadócia de avião com a companhia Anadolujet (boa e barata). Na Capadócia me hospedei no hotel Arch Palace. O proprietário é ótimo, super prestativo, ele se chama Mustafá. Ele nos ajudou muito e é uma simpatia. Como quase tudo na Capadócia fica dentro de cavernas, este hotel também fica. E o café da manhã é servido no terraço com uma vista deslumbrante da cidade.

Capadócia
Vista do terraço do hotel 

No primeiro dia você pode visitar o Museu ao Ar Livre de Goreme que é um complexo declarado patrimônio da humanidade pela Unesco. Acho válido ir com um guia para te explicar todas as cavernas, igrejas e afrescos que estão no museu.

Como a cidade é bem turística tem várias opções de tours guiados e aluguel de motocicletas, cavalos ou vans. Com um desses transportes você pode visitar os vales que ficam um pouco mais distante como o Vale do Amor, Vale dos Passáros e o Vale Rosa e Vermelho. Neles, você vê o que eles chamam de chaminés de fadas (aquelas pedras que tem formato cilíndrico, com uma outra pedra em cima).

O passeio mais famoso da Capadócia (e o mais esperado) é o passeio de balão. Fiz com a empresa Atmosfere Balloons que o próprio Mustafá reservou pra mim antes de ir. Aconselho a reservar com antecedência, mas conheço pessoas que deixaram pra reservar quando chegaram lá e conseguiram.

O passeio começa bem cedo, às 4h40 a empresa nos buscou no hotel. Eles levam todo mundo para tomar café da manhã e depois vamos pra onde o balão decola ainda escuro. Cabem 12 pessoas no balão que andei, mas em alguns cabem 23 pessoas. São mais de 100 balões e eles sobem todos os dias. Lá de cima você vê o sol nascendo. É indescritível, sensacional, só isso já valeria a viagem toda. Quando pousamos eles servem espumante e fazem uma confraternização.

Capadócia
Passeio de balão por cima dos vales

Às 7h30 já estava de volta ao hotel, então pudemos aproveitar o resto do dia todo. Como fiquei apenas dois dias, já emendei com outro passeio que nos buscou no hotel às 9h30. Confesso que fiquei bem casada, acho que seria melhor descansar um pouco antes de sair de novo.

Neste outro tour conhecemos a cidade subterrânea de Kaymakli. A região tem dezenas de cidades subterrâneas, esta é a maior delas. Ela possui oito andares abaixo do solo, porém a visitação só é permitida nos quatro primeiros níveis. Também tem a Cidade Subterrânea de Derinkuyu que tem 16 andares abaixo do solo, mas não visitei.

Neste tour também visitei o Vale Ihlara, que é segundo maior cânion do mundo.   Visitei ainda alguns vales como o Vale dos Monges. Foi um passeio de um dia inteiro. Você pode reservar no próprio hotel.

Pra fechar a viagem o Mustafá nos levou no sunset point que é um lugar lindo para ver o pôr do sol.

Pamukkale

Um passeio legal para fazer bate-volta é Pamukkale (nuvem de algodão, em turco) que é um conjunto de piscinas termais de origem calcária que com o passar dos séculos formaram bacias gigantescas de água que descem em cascata numa colina de 200 metros de altura. Parece neve, é muito lindo. Os visitantes não podem usar sapatos, mas podem entrar e nadar nas piscinas. Devido ao calor intenso e o solo branco, reforce o protetor solar.

Pamukkale fica a 18Km da cidade turca de Denizli , onde fica o aeroporto mais próximo, com voos diários para Istambul. Istambul está a cerca de 664Km de distância e a capital Ankara, a 484Km. Há quem prefira pernoitar por lá, mas várias empresas de turismo fazem passeios de um dia até lá. É cansativo, mas saem bem cedinho e você consegue aproveitar o dia. Evite ir no verão (calor intenso) e no inverno (frio congelante), escolha meses de temperaturas mais brandas.

Comente suas dicas aqui também!

Siga-me no instagram @reviajando

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s